• Pedro e o Blog | Ferramentas e Artigos de Finanças Pessoais

Autor Tópico: Pergunta sobre Partilhas  (Lida 9312 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline JoshS

  • Poupado
  • **
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 3
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 88
  • Popularidade: 0
Pergunta sobre Partilhas
« em: 18 Outubro 2009, 14:30:25 »
Boas Companheiros
É o seguinte eu precisava da vossa ajuda para saber como funciona em caso de divórcio a partilha dos bens num casamento de comunhão de adquiridos (que é o caso em que se partilha os bens comprados depois do casamento, penso eu).
É o seguinte imaginem que eu me caso por esta maneira e passado alguns pretendo o divórcio, como vai ocorrer a partilha ?
Por exemplo uma conta bancária que eu tenha antes de casar se eu for poupando dinheiro nessa conta depois terei de o dividir? Se eu ja tiver uma empresa antes de casar para gerir um património e for adquirindo mais propriedades pela empresa depois do casamento terei de as dividir ?  ??? ??? Existem maneiras de fugir as partilhas ?
Se alguem me ajudar a esclarecer.
Obrigado companheiros


Offline Nuno

  • Aforrador
  • ***
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 173
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #1 em: 19 Outubro 2009, 17:28:39 »
Corrijam-me se estiver errado, mas penso que é assim:

Citar
É o seguinte imaginem que eu me caso por esta maneira e passado alguns pretendo o divórcio, como vai ocorrer a partilha ?

Tudo o que foi adquirido depois do casamento é passivel de ser dividido entre os 2.

Citar
Por exemplo uma conta bancária que eu tenha antes de casar se eu for poupando dinheiro nessa conta depois terei de o dividir?

O dinheiro poupado e que der entrada nessa conta após o casamento é dos dois, independentemente se a conta só está em nome de um. Tudo o que lá estava no dia anterior ao casamento é apenas do titular.

Citar
Se eu ja tiver uma empresa antes de casar para gerir um património e for adquirindo mais propriedades pela empresa depois do casamento terei de as dividir ?  Huh? Huh? Existem maneiras de fugir as partilhas ?

Se for pela empresa, penso que não há lugar a partilhas se ela já for sua antes do casamento. O salário que a empresa (mesmo sendo sua) lhe paga, ou os lucros são sujeitos a partilha. :)

Maneiras de fugir a partilhas há, senão houver nada para partilhar, não se partilha :D

Offline JoshS

  • Poupado
  • **
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 3
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 88
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #2 em: 19 Outubro 2009, 21:06:48 »
1- Isto eu já sei.

2- Mas não existe nenhuma maneira de ter uma conta so com um titular em que o dinheiro depositado não possa ser partilhado ?

3- Mas falo a nível de património comprado pela empresa (terrenos, casas, etc...)

4- Há sim e conheço casos em que isto aconteceu e por isso é que quero saber, para poder ajudar uma pessoa que está a sofrer com isto

Cumprimentos
« Última modificação: 19 Outubro 2009, 21:09:34 por malone_pw »

Offline ildemaro

  • Investidor Ocasional
  • ****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 429
  • Popularidade: 7
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #3 em: 19 Outubro 2009, 21:57:23 »
Vai ao notário e faz um regime de casamento especial. Ele logo apresenta soluções se possivel.

Offline JoshS

  • Poupado
  • **
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 3
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 88
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #4 em: 23 Outubro 2009, 16:14:15 »
Precisava mesmo da vossa ajuda, sem ser uma empresa existe alguma maneira ??

1- Isto eu já sei.

2- Mas não existe nenhuma maneira de ter uma conta so com um titular em que o dinheiro depositado não possa ser partilhado ?

3- Mas falo a nível de património comprado pela empresa (terrenos, casas, etc...)

4- Há sim e conheço casos em que isto aconteceu e por isso é que quero saber, para poder ajudar uma pessoa que está a sofrer com isto

Cumprimentos

Offline ildemaro

  • Investidor Ocasional
  • ****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 429
  • Popularidade: 7
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #5 em: 24 Outubro 2009, 14:48:46 »
Vai ao notário e faz um regime de casamento especial. Ele logo apresenta soluções se possivel.

Os 3 regimes de casamento são os que toda a gente conhece, mas podem ser feitas convenções antenupciais diferentes, ou com partes de cada regime, ou com base em regimes estrangeiros...

Notário é a pessoa correcta.

Offline JoshS

  • Poupado
  • **
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 3
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 88
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #6 em: 26 Outubro 2009, 19:29:56 »
A maneira de casamento foi Comunhão de Adquiridos. Por isso é que precisava da vossa ajuda...

Offline ildemaro

  • Investidor Ocasional
  • ****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 429
  • Popularidade: 7
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #7 em: 27 Outubro 2009, 09:32:20 »
Pensei que ainda não tinhas casado.

Não há solução. Tudo o que tiver em teu nome é dela a partir do casamento.

Offline Kikas

  • Remediado
  • *
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 10
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #8 em: 27 Outubro 2009, 10:21:13 »
Pois....os casamentos têm destas "coisas", umas boas; outras menos boas!
boa sorte
" O que no me mata, torna-me mais forte..."

Offline JoshS

  • Poupado
  • **
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 3
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 88
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #9 em: 27 Outubro 2009, 22:54:02 »
Eu não casei nem vou casa em breve  :D
Só que preciso de ajudar uma amiga minha em que neste tipo de casamento o pai dela conseguiu esconder muita coisa, isto só é possivel a partir de uma empresa certo ?

Offline ildemaro

  • Investidor Ocasional
  • ****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 429
  • Popularidade: 7
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #10 em: 28 Outubro 2009, 10:06:03 »
É possível se ninguém souber.

Eu se amanhã chegar ao X, onde não tenho conta e espetar lá 50 mil euros se ninguem der conta, qd me divorciar daqui a 15 ou 20 anos, ninguém saberá e na hora das partilhas ninguém indica esse saldo.

Agora deve ser dificil esconder esconder os extratos bancários durante anos, a não ser que dê uma morada que não a da residência para a mulher não ver.

Isso são situações que podem acontecer qd apenas um dos conjuges tem conhecimento do que se passa. Normalmente nos casais mais velhos a mulher só vai às compras, não sabe o que há ou não e será mais fácil esconder.

Qd é preciso fazer partilhas por divórcio o conjuge mais velho indica todos os bens do casal e ao outro é dada a possibilidade de dizer se concorda ou não, Se não sabe que existem outros nada pode dizer...

Mas, por lei não há solução. Mesmo o marido sendo sócio de uma firma a quota dele tb é da mulher...

Offline m.elis

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 6
  • -Recebidos: 4
  • Mensagens: 1.102
  • Popularidade: 4
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #11 em: 28 Outubro 2009, 11:33:18 »
É possível se ninguém souber.

Eu se amanhã chegar ao X, onde não tenho conta e espetar lá 50 mil euros se ninguem der conta, qd me divorciar daqui a 15 ou 20 anos, ninguém saberá e na hora das partilhas ninguém indica esse saldo.

Agora deve ser dificil esconder esconder os extratos bancários durante anos, a não ser que dê uma morada que não a da residência para a mulher não ver.

Isso são situações que podem acontecer qd apenas um dos conjuges tem conhecimento do que se passa. Normalmente nos casais mais velhos a mulher só vai às compras, não sabe o que há ou não e será mais fácil esconder.

...

Se calhar não vem muito a propósito pois não tenho estado a acompanhar este tópico. Mas, li algures que é possível, hoje, saber-se se marido ou mulher têm conta num qualquer banco. Acho que é só solicitá-lo ao Banco de Portugal. Penso que li aqui no fórum.

Conheci uma família que sabia que o pai tinha uma conta "escondida" (não tinham extractos) e passaram meses à procura. Hoje já não se passa isso, felizmente!


Offline JRibeiro

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 2.805
  • Popularidade: 9
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #12 em: 28 Outubro 2009, 13:12:17 »

... saber como funciona em caso de divórcio a partilha dos bens num casamento de comunhão de adquiridos (que é o caso em que se partilha os bens comprados depois do casamento, penso eu).
É o seguinte imaginem que eu me caso por esta maneira e passado alguns pretendo o divórcio, como vai ocorrer a partilha ?

Por exemplo uma conta bancária que eu tenha antes de casar se eu for poupando dinheiro nessa conta depois terei de o dividir? Se eu ja tiver uma empresa antes de casar para gerir um património e for adquirindo mais propriedades pela empresa depois do casamento terei de as dividir ?  ??? ??? Existem maneiras de fugir as partilhas ?


Dá uma vista de olhos aqui: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2132.0.html

Solução única, a meu ver: esconder debaixo do colchão, atrás de uma pedra/tijolo da parede, como faziam os nossos avôs...  :D
Parece-me um mau ponto de partida, ir para um casamento, seja sob que forma for (civil e católico) a pensar já no divórcio e nas partilhas. Mas cada qual é como é e hoje em dia ninguém tem nada a ver com aquilo que cada um decide para si.

No regime de Comunhão de bens adquiridos, só são pertença do casal os bens que venham a ser adquiridos após a celebração do casamento. Os bens que possuíam antes do casamento, os bens doados e os bens herdados pertencem somente àquele que os trouxe ao casamento.

Em caso de conflito, só terão de ser partilhados os bens adquiridos após o casamento.

Qualquer que seja o regime de bens escolhido, não poderá ser alterado.

Creio que seria útil ler com atenção a página 2 do DL n.º 324/2007 (http://www.dre.pt/pdf1sdip/2007/09/18800/0691106983.PDF).

Cumps  :)

Ouvi dizer a um homem instruído que o tempo não é mais que o movimento do Sol.
Por que não seria antes o movimento de todos os corpos?

Offline pauloaguia

  • Global Moderator
  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 6
  • -Recebidos: 128
  • Mensagens: 6.977
  • Popularidade: 145
  • Não façam perguntas em privado - usem o fórum
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #13 em: 28 Outubro 2009, 13:18:32 »
Se calhar não vem muito a propósito pois não tenho estado a acompanhar este tópico. Mas, li algures que é possível, hoje, saber-se se marido ou mulher têm conta num qualquer banco. Acho que é só solicitá-lo ao Banco de Portugal. Penso que li aqui no fórum.
Não sei se estarás a falar deste serviço que é disponibilizado, por exemplo, a partir do Portal do Cliente Bancário: http://clientebancario.bportugal.pt/det/Contas_Titulares_Falecidos.htm
Lá diz: "Apenas se considera a sucessão por morte do titular das contas bancárias e/ou outros activos financeiros como motivo atendível para o Banco de Portugal proporcionar este serviço de difusão", pelo que não sei se será assim tão fácil descobrir as contas escondidas do cônjuge...

Agora deve ser dificil esconder esconder os extratos bancários durante anos, a não ser que dê uma morada que não a da residência para a mulher não ver.
Na era dos extractos online? Nao custa nada...  ;)

De qualquer forma, se houver suspeita de dinheiro escondido, penso que será possível pedir a um tribunal que ordene ao BdP o levantamento do património bancário do cônjuge, de forma semelhante ao que a m.elis referiu... Provavelmente nem há nada previsto na lei quanto a isso, mas não me admirava que os tribunais acedessem em certas circunstâncias...
Some say the sky is the limit - I say it's just the begining!

Offline ildemaro

  • Investidor Ocasional
  • ****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 429
  • Popularidade: 7
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #14 em: 28 Outubro 2009, 14:25:59 »


De qualquer forma, se houver suspeita de dinheiro escondido, penso que será possível pedir a um tribunal que ordene ao BdP o levantamento do património bancário do cônjuge, de forma semelhante ao que a m.elis referiu... Provavelmente nem há nada previsto na lei quanto a isso, mas não me admirava que os tribunais acedessem em certas circunstâncias...

É possível sim senhor.

Offline m.elis

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 6
  • -Recebidos: 4
  • Mensagens: 1.102
  • Popularidade: 4
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #15 em: 28 Outubro 2009, 17:03:14 »
Se calhar não vem muito a propósito pois não tenho estado a acompanhar este tópico. Mas, li algures que é possível, hoje, saber-se se marido ou mulher têm conta num qualquer banco. Acho que é só solicitá-lo ao Banco de Portugal. Penso que li aqui no fórum.
Não sei se estarás a falar deste serviço que é disponibilizado, por exemplo, a partir do Portal do Cliente Bancário: http://clientebancario.bportugal.pt/det/Contas_Titulares_Falecidos.htm
Lá diz: "Apenas se considera a sucessão por morte do titular das contas bancárias e/ou outros activos financeiros como motivo atendível para o Banco de Portugal proporcionar este serviço de difusão", pelo que não sei se será assim tão fácil descobrir as contas escondidas do cônjuge...


Era iso mesmo! Afinal, aí (BdP) só por morte do titular das contas  :(
Idemaro, então como é que se faz?



Offline JRibeiro

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 2.805
  • Popularidade: 9
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #16 em: 28 Outubro 2009, 17:17:51 »

Será por habilitação de herdeiros?

Tenho ideia que este documento abre muitas portas...  ;)

Cumps  :)

Ouvi dizer a um homem instruído que o tempo não é mais que o movimento do Sol.
Por que não seria antes o movimento de todos os corpos?

Offline JoshS

  • Poupado
  • **
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 3
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 88
  • Popularidade: 0
Re: Pergunta sobre Partilhas
« Responder #17 em: 28 Outubro 2009, 20:53:24 »
Bem desde ja quero agradecer a vossa ajuda e aderência a este tema.
O que eu acho que aconteceu foi que o marido tinha varias firmas antes de casar e depois do casamento quando viu que as coisas estavam a dar para o torto passou muita coisa para o nome da firma e se o mesmo ja tinha a firma antes de casar tudo o que a firma comprar nao é sujeito a partilha pois não ?
O que eu pretendo aqui é que digam todas possiveis e imaginarias de fugir as partilhas...
1º - nao e possivel fugir com contas bancarias em nosso nome, certo?
habilitaçoes de herdeiros ?? como assim?
« Última modificação: 28 Outubro 2009, 21:01:27 por malone_pw »

 

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 120 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Aviso: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.Pode deixar uma mensagem sem estar registado no fórum mas com algumas restrições. Para ver a sua mensagem publicada imediatamente ou para ser notificado das respostas convém registar-se.
Nome: Email:
Verificação:
Quanto é o dobro de 2,5 (escreva cinco)?:

Responsabilidade e Privacidade

FinancasPessoais.pt
Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:
  • Os seus dados nunca serão partilhados
  • A newsletter é totalmente gratuita
  • Pode desistir em qualquer altura
Não quero ver este alerta de novo, por favor.