• Pedro e o Blog | Ferramentas e Artigos de Finanças Pessoais

Autor Tópico: Contribuintes casados vão poder apresentar declaração de IRS em separado!  (Lida 6092 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline JRibeiro

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 2.805
  • Popularidade: 9

Os casais vão poder apresentar em separado a declaração de IRS.

A medida deve ser incluída já no Orçamento de Estado para 2010.

O objectivo é acabar com as desigualdades entre os contribuintes casados e aqueles que vivem em união de facto.

São os casais com poucas diferenças nos rendimentos que mais vão beneficiar desta medida.

Agora é só aguardar mais algum tempo, pelo decreto-lei que estipula esta medida e fazer contas, usando para isso os simuladores de IRS disponíveis quer aqui no fórum, quer no site das Finanças!  ;)

Haverá, concerteza, casos de casais que será mais vantajoso entregar a declaração em separado (quando os vencimentos são dispares) e casos em que continuará a ser benéfico entregar em comum (quando os vencimentos são semelhantes)!


Cumps


Ouvi dizer a um homem instruído que o tempo não é mais que o movimento do Sol.
Por que não seria antes o movimento de todos os corpos?


Offline JATG

  • Aforrador
  • ***
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 137
  • Popularidade: 0

"São os casais com poucas diferenças nos rendimentos que mais vão beneficiar desta medida."

"Haverá, concerteza, casos de casais que será mais vantajoso entregar a declaração em separado (quando os vencimentos são dispares) e casos em que continuará a ser benéfico entregar em comum (quando os vencimentos são semelhantes)!"




Parece-me haver aqui uma contradição...
Afinal a entrega do IRS em separado compensa aos casais com rendimentos semelhantes ou aos casais cujos membros têm rendimentos muito diferentes um do outro?

Offline JRibeiro

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 2.805
  • Popularidade: 9

"São os casais com poucas diferenças nos rendimentos que mais vão beneficiar desta medida."

"Haverá, concerteza, casos de casais que será mais vantajoso entregar a declaração em separado (quando os vencimentos são dispares) e casos em que continuará a ser benéfico entregar em comum (quando os vencimentos são semelhantes)!"




Parece-me haver aqui uma contradição...
Afinal a entrega do IRS em separado compensa aos casais com rendimentos semelhantes ou aos casais cujos membros têm rendimentos muito diferentes um do outro?

Obrigado pelo reparo.

De facto, a notícia pouco diz sobre a real vantagem da entrega do IRS individual ou colectivo. Apenas diz que "São os casais com poucas diferenças nos rendimentos que mais vão beneficiar desta medida."

Ora, se ambos têm rendimentos equivalentes, para quê entregar o IRS separado?
Parece-me, que é mais vantajoso fazer a declaração de IRS separado, quando os rendimentos são diferentes, isto é, quando um dos membros do casal aufere muito mais que o outro.

Mas como já disse, nada como esperar pelo decreto-lei para perceber melhor o alcance desta medida.

Cumps

Ouvi dizer a um homem instruído que o tempo não é mais que o movimento do Sol.
Por que não seria antes o movimento de todos os corpos?

Offline pauloaguia

  • Global Moderator
  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 8
  • -Recebidos: 172
  • Mensagens: 7.366
  • Popularidade: 186
  • Não façam perguntas em privado - usem o fórum
E´ ao contrario. Quando os rendimentos sao muito diferentes, o facto de meterem em conjunto faz com que a taxa de imposto desça.
No limite, se um dos membros do casal tem rendimentos e outro nao, o facto de meterem em conjunto faz com que, apos a aplicaçao do coeficiente conjugal, o rendimento para efeitos de apuramento da taxa seja considerado pela metade, ficando num escalao mais baixo e a pagar bastante menos de imposto.
Some say the sky is the limit - I say it's just the beginning

Offline JRibeiro

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 2.805
  • Popularidade: 9

Quando os rendimentos sao muito diferentes, o facto de meterem em conjunto faz com que a taxa de imposto desça.

No limite, se um dos membros do casal tem rendimentos e outro nao, o facto de meterem em conjunto faz com que, apos a aplicaçao do coeficiente conjugal, o rendimento para efeitos de apuramento da taxa seja considerado pela metade, ficando num escalao mais baixo e a pagar bastante menos de imposto.


Obrigado pelo esclarecimento!  ;)

Afinal sempre parece que não é uma miragem esta possibilidade dos casais poderem apresentar a declaração de IRS em separado!

Aguardemos então pelos desenvolvimentos deste orçamento para 2010!...  :)

Ouvi dizer a um homem instruído que o tempo não é mais que o movimento do Sol.
Por que não seria antes o movimento de todos os corpos?

Offline JATG

  • Aforrador
  • ***
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 137
  • Popularidade: 0
Sabem se há algumas novidades em relação a isto?

É que estive a fazer a simulação do meu IRS (com um simulador aqui do blog) e cheguei à conclusão que se fizer o IRS separado da minha esposa ganho muito mais com isso, mas talvez os simuladores ainda não contém com esta situação.

Reparei que se cada um de nós fizer sozinho, o valor a reembolsar é muito superior do que se o fizermos me conjunto. Será que é por no simulador, apesar de aparecer só um dos rendimentos, eu ter colocado a opção casado? Será que ao fazer sozinho não poderei meter casado?

É que a diferença é significativa...

Offline JRibeiro

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 5
  • Mensagens: 2.805
  • Popularidade: 9

Sabem se há algumas novidades em relação a isto?


Há que aguardar pelo orçamento do governo para 2010. Já não deve faltar muito!...  ;)

Ouvi dizer a um homem instruído que o tempo não é mais que o movimento do Sol.
Por que não seria antes o movimento de todos os corpos?

Offline pauloaguia

  • Global Moderator
  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 8
  • -Recebidos: 172
  • Mensagens: 7.366
  • Popularidade: 186
  • Não façam perguntas em privado - usem o fórum
Reparei que se cada um de nós fizer sozinho, o valor a reembolsar é muito superior do que se o fizermos me conjunto. Será que é por no simulador, apesar de aparecer só um dos rendimentos, eu ter colocado a opção casado? Será que ao fazer sozinho não poderei meter casado?

Nao sei que simulador usaste mas isso pode ter muito a ver, sim. Se o coeficiente conjugal usado continuar a ser 2, na pratica os teus rendimentos sao contados pela metade e a taxa de imposto e´ muito diferente.
Para fazer a simulaçao correctamente, tens que indicar solteiro, ou confirmar pelo menos que o coeficiente conjugal e´ 1.

Dito isto, ha´ casos em que a diferença e´ significativa, sim. Sobretudo porque os limites de descontos muitas vezes se mantem iguais seja para 1 seja para 2 pessoas...

Mas como disse o JRibeiro: para ja´ nao ha´ nada confirmado, ha´ que aguardar...
E eu acrescento - o que quer que saia deste OE, este ano ainda vais ter que meter a declaraçao conjuntamente.
« Última modificação: 22 Janeiro 2010, 08:47:30 por pauloaguia »
Some say the sky is the limit - I say it's just the beginning

Offline pauloaguia

  • Global Moderator
  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 8
  • -Recebidos: 172
  • Mensagens: 7.366
  • Popularidade: 186
  • Não façam perguntas em privado - usem o fórum
Sobre esta historia, apraz-me ainda deixar uma questao que espero ver respondida, caso isto va´ para a frente:

Num casal que tenha casado com comunhao de bens ou de adquiridos, legalmente os rendimentos e os custos sao dos dois. Sejam eles rendimentos de trabalho, de bolsa, rendas, etc. Qual o criterio para decidir em que declaraçao se deve colocar cada uma das parcelas?
Isto e´ muito diferente da situaçao das unioes de facto - aqui cada parcela e´ de um dos membros do casal logo `a partida. Mesmo o que e´ dos dois, tem bem definido em que proporçao pertence a cada um.
Some say the sky is the limit - I say it's just the beginning

Offline JATG

  • Aforrador
  • ***
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 2
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 137
  • Popularidade: 0

Para fazer a simulaçao correctamente, tens que indicar solteiro, ou confirmar pelo menos que o coeficiente conjugal e´ 1.

É verdade... se colocar solteiro em vez de casado a diferença passa a ser menor...
No entanto, posso confirmar que se houvesse a possibilidade de fazer o IRS em separado ganharia 100€, ou antes, devolviam-me mais 100€ do que se o fizer juntamente com a minha esposa.

Offline Rudi

  • Remediado
  • *
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 12
  • Popularidade: 0
Boas,

Então agora que o orçamento de estado já saíu como é que está esta situação?
É possivel um casal fazer um IRS em separado?
E se sim como é que ficam os dependentes?! Com o pai ou com a mãe ou com os dois?

Cheers 8)

Offline pauloaguia

  • Global Moderator
  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 8
  • -Recebidos: 172
  • Mensagens: 7.366
  • Popularidade: 186
  • Não façam perguntas em privado - usem o fórum
Então agora que o orçamento de estado já saíu como é que está esta situação?
É possivel um casal fazer um IRS em separado?
E se sim como é que ficam os dependentes?! Com o pai ou com a mãe ou com os dois?

Nada consta no Orçamento de Estado. Foi apenas mais um caso em que se converte boatos em notícia como se de factos consumados se tratasse... a menos que surja alguma coisa no debate na especialidade, ainda não é desta.

Mesmo que constasse no Orçamento de Estado, só teria efeitos para as declarações entregues a partir do próximo ano.
De qualquer forma, e tomando como exemplo os casos em que já é possível entregar as declarações em separado, os dependentes apenas poderiam ser incluídos numa das declarações(ou do pai ou da mãe, nunca dos dois).
Some say the sky is the limit - I say it's just the beginning

 

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 120 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Aviso: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.Pode deixar uma mensagem sem estar registado no fórum mas com algumas restrições. Para ver a sua mensagem publicada imediatamente ou para ser notificado das respostas convém registar-se.
Nome: Email:
Verificação:
Quanto é o dobro de 2,5 (escreva cinco)?:

Responsabilidade e Privacidade

FinancasPessoais.pt
Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:
  • Os seus dados nunca serão partilhados
  • A newsletter é totalmente gratuita
  • Pode desistir em qualquer altura
Não quero ver este alerta de novo, por favor.