• Pedro e o Blog | Ferramentas e Artigos de Finanças Pessoais

Autor Tópico: Heranças, partilhas e doações  (Lida 72984 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline vicky

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 1
  • Popularidade: 0
Re: Partilha de heranças
« Responder #252 em: 15 Agosto 2012, 21:30:46 »
Boa noite precisava de ajuda num assunto de partilhas.Os meus pais estao divorciados e tem uma casa em comum.Somos duas filhas como se procedera a partilha quando um morrer.è que gostaria de fazer obras na casa mas não sei que parte me ira calhar.Obrigado


Offline lara

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 1
  • Popularidade: 0
Re: Partilha de heranças
« Responder #253 em: 16 Agosto 2012, 03:00:22 »
Boa noite.

Como herdeiras, realizámos já a escritura de partilhas, com a devida quota parte estabelecida. Recentemente surgiu a hipótese de, num imóvel herdado , dividido em 2 fracções poder constituir um espaço comercial numa delas. Nenhuma delas é de habitação própria. As quotas partes não são todas iguais em proporção, i é, há uma parte com pouca relevância. Pois essa parte está neste momento impossibilitada de aprovar qualquer exploração de espaço devido a problemas de saúde do foro psíquico. A minha questão é, e porque não encontrei nenhuma orientação na net, poderei constituir esse espaço comercial , apenas com o consentimento das outras duas partes ou todas as partes terão de consentir e consequentemente assinar? Será que não haverá um modo de, em virtude de doença de 1 das partes, permitir o processo?

Sandra Magalhães

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #254 em: 16 Agosto 2012, 13:15:16 »
actualmente somes 4 a herdar de terrenos, visto nossos pais  serem falecidos, mas acontece que queria-mos vender os terrenos, mas um nâo esta de acordo, qual o recurso que podemos ter, somos trés voses contra uma, gosteria que me podesse dar uma resposta a este assunto. Obrigado
Tentem vender a vossa parte ao que não quer vender. Pode ser que queira comprar ;)
Seja como for vocês podem vender só a vossa parte... perfeitamente possível e legal... é capaz é de ser mais difícil arranjar comprador :-/
[/quote]

Esta venda só pode ser efectuada após a partilha e escritura da mesma ter sido feita correcto?

tatiane guerra

  • Visitante
Re: testamento e heranças
« Responder #255 em: 17 Agosto 2012, 21:51:37 »
Tenho 40 anos e devo me casar com um viuvo, com 75 anos,porém apesar de separada de corpos,mas morando com ele.Posso fazer em catorio documento de união estável?gostaria de saber qual o procedimento,para desmenbrar tudo que é de direito dos filhos dele como herdeiros,e se ele tem algum direito como viuvo meeiro,e se quiser doar a parte dele,para outra pessoa é reconhecido por lei,tendo ele idade já avançada ou não(os filhos são de maiores,e possuem vida propria)O viuvo possui renda de aposentadoria,servidor federal e possui sociedade em uma empresa de família junto com seus irmãos.Agradeço se puder me dar uma luz sou funcionaria publica municipal do rj e trabalho

Deolinda

  • Visitante
Re: testamento e heranças
« Responder #256 em: 18 Agosto 2012, 17:55:55 »
Boa tarde,
Gostaria de saber se os valores da herança (contas, certificados de aforro, etc) podem servir para abater dívida de compra de casa quando essa mesma casa foi deixada só para um dos herdeiros, ficando este beneficiado e os restantes sem receberem qualquer valor? A amortização da casa não fica à responsabilidade da pessoa que a herdou? É considerada dívida da herança?
obrigada desde já pelo esclarecimento.

Miguel 12345

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #257 em: 19 Agosto 2012, 16:26:43 »
Boas! preciso ajuda sobre partilhas. meu pai faleceu 2 meses atras.Ficou minha mae,irmao mais velho e eu.Eles nao querem fazer partilhas.Pai deixou contas bancarias,casas para renda. eles escondem toda informaçao de mim e ainda dizem que nao tenho direito de nada(nao havia testamento).Como devo obrigar os dar a parte que pertence pelo  lei.obrigado.

1245856

  • Visitante
repudio da herança, existe??
« Responder #258 em: 19 Agosto 2012, 18:31:42 »
Boa tarde, o meu pai faleceu este ano (2012) e logo após a sua morte fui dar baixa à segurança social apesar de não ser a cabeça de casal, tenho 3 irmãos mais velhos que eu. logo após a sua morte, eu repudiei a herança, pois não fui criada pelo meu pai, o unico bem que ele tinha era uma casa na terra que é usada por um irmão meu. passados 7 meses após a morte recebi em casa uma carta da segurança social a indicar que o meu pai recebeu indevidamente a reforma da minha avó (que faleceu em 2005) e que ele foi notificado em 2006 e nunca devolveu esse dinheiro que recebeu indevidamente. tenho vária duvidas, 1º porque é que mandaram essa carta para a minha casa uma vez que eu não sou a cabeça de casal (é o meu irmão),as finanças já foram informadas que eu repudiei a herança  - não estão interligadas? 2º o meu pai recebia pensão de invalidez, porque a segurança soc. não combinou com ele uma forma de pagamento? 3º uma vez que eu fiz repudio tenho que pagar esse valor? já fiz uma carta à seg. social, mas temo que me`retirem o vencimento. a divida é de 1900€. obrigada pela ajuda

Pcarvalho

  • Visitante
Re: Herança Com separação de bens
« Responder #259 em: 20 Agosto 2012, 12:22:31 »
Olá ... sou casada há cerca de 16 anos. O regime que vigora será o de comunhão de bens após o casamento. O meu sogro faleceu á  cerca de 9anos, deixando a viúva (minha sogra) e dois filhos, eram casados em regime de comunhão de bens. Não foi feita qualquer partilha estando o valor em questão, cerca de 40.000€, em nome dos 3herdeiros. Existe também vários terrenos que ficaram registados também em nome dos 3. A minha dúvida é a seguinte, em caso de divórcio meu e do meu marido, terei algum direito há herança deixada por seu pai? Nós temos dois filhos menores. Obrigado

davide

  • Visitante
Re: Herança Com separação de bens
« Responder #260 em: 20 Agosto 2012, 13:05:07 »
A meu ver, acho que em caso de divorcio, não tens direito a nada, isto simlesmente porque o teu marido ainda não herdou.

josue vermelho

  • Visitante
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #261 em: 21 Agosto 2012, 15:58:12 »
a minha mãe faleceu em 2010, não deixou herança aos dois, tem uma divida de 7.000 euros
pergunto se podemos repudiar a herança.

Graça Lima

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #262 em: 22 Agosto 2012, 13:54:12 »
ACONSELHA-ME A PEDIR PARTILHAS PELO TRIBUNAL UMA VEZ QUE NÃO HÁ BOM SENSO ENTRE IRMÃOS?QUAIS OS PRÓS E CONTRAS.

Graça Lima

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #263 em: 22 Agosto 2012, 13:56:00 »
Aconselha-me a pedir partilhas pelo Tribunal uma vez que não há bom senso entre e irmão e ainda há dividas? Quais os prós e contras na minha situação?

Offline Psimoes73

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 1
  • Popularidade: 0
Partilha Litigiosa de Herança
« Responder #264 em: 24 Agosto 2012, 16:18:43 »
Boa Tarde,

Necessitava de ajuda ou alguma informação caso seja possivel. Em 2007 devido á falecimento da minha avó e pelo fato de o meu pai também já ter falecido, fiquei como herdeiro no lugar do meu pai da herança da minha avó. O cabeça de casal seria o meu pai por ser o mais velho mas como ele já não é vivo ficou a minha tia como sendo a cabeça de casal da herança, herança essa que para alem de mim e a minha tia tem mais uma terceira pessoa o meu tio.
Desde o falecimento da minha avó e até á presente data não tenho informação sobre a relação de bens (apesar de saber mais ou menos que são uns terrenos e um prédio de habitação em ruinas numa capital de distrito), nunca me foi passada informação de nada, só me foi solicitado o cartão de contribuinte e BI (copias) para se fazer registar a herança nas finanças, pois a mesma aparece na minha pagina das finanças com um NIF assiociada á mesma. Sempre que procuro obter informações junto do cabeça de casal sobre a herança ou para nos reunir para discutir sobre a mesma não ibtenho resposta sobre o assunto ficando com a impressão que estão a fugir de alguma coisa.
Um dos dias informei a minha tia cabeça de casal que iria solicitar a um advogado para dar entrada a um processo de partilha litigiosa, ou seja para "obrigar" a alguem a dar-me alguma informação e sobretudo também para resolver a divisão da mesma, e a resposta que obtive foi igual a outras tantas, desprezo total sem qualquer informação ou vontade em responder as questões anteriores.
O meu problema é que não tenho posses para pagar o que o advogado pretende para executar este serviço, e como tal temo que este assunto caia não no esquecimento mas naquilo que eu suspeito, que é trapalhice.
Existe alguma maneira legal de tratar este assunto sem recorrer a advogados?
Posso solicitar a partilha da mesma através de algum organismo ou recorrer a ajuda de alguma entidade? Poderei trabalhar este assunto com compromisso de pagamento após a divisão da herança?

Agradeço antecipadamente os esclarecimentos.

Obrigado

P. Simões

Jorge rodrigues

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #265 em: 27 Agosto 2012, 10:40:53 »
a questão é a seguinte, o meu pai faleceu, deixou-nos uma casa, somos quatro irmaos e minha mãe, a qual sendo a representante do cabeça de casal se encontra em parte desconhecida, e levou com ela toda a documentaçao da casa, como pudemos proceder pra vender a casa nao sendo possivel contacta-la?

Maria Preto

  • Visitante
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #266 em: 27 Agosto 2012, 13:15:33 »
O meu irmão faleceu, era solteiro, não tinha filhos nem bens e estava a receber fundo de desemprego. A herdeira, segundo penso, será a minha mãe. Infelizmente deixou dividas em alguns bancos, sendo ele único titular dessas contas e não havendo fiadores. A questão é não tendo ele bens seremos nós, a minha mãe e eu responsaveis pelo pagamento das dividas? Deveremos informar as entidades credoras da sua morte?
Obrigado e cumprimentos,

Silvia Martinho

  • Visitante
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #267 em: 27 Agosto 2012, 21:38:07 »
Ola, gostava que me ajudassem numa questão, se possivel claro.
A minha avó faleceu faz 3 anos, era casada com o meu avô que por sua vez é proprietário de um prédio de 3 andares em Lisboa.
O meu pai ja morreu faz anos e neste momento a herança da parte da avó esta dividida pelo meu avô eu e 2 tias minhas, sei isso através das finanças que no site deles me informa que tenho uma herança por parte da avó.
Tenho duas questões... 1º Como é que sei qual o valor da herança que foi declarada nas finanças, sem ter que envolver as tias ou o avô?
  2º Posso usar essa herança para dar uma garantia para emprestimo de casa propria? ou até a penhorar a herança e receber o seu valor ou algo assim?
  Agradecia uma resposta se possível. ate breve

Lídia Lopes

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #268 em: 28 Agosto 2012, 18:05:59 »
A questão que coloco e sobre a qual tenho muitas dúvidas é a seguinte: O meu pai faleceu em Março do presente ano (2012) sem deixar testamento. Sou a mais velha de 2 irmãos, sendo consequentemente a cabeça de casal. Deixou-nos o meu pai 2 andares, um no qual resido há já alguns anos e outro, que era a residência onde habitava o meu pai.
Este apartamento onde habitava o meu pai, estabelecemos que ficaria para o meu irmão mais novo.
E eis que aqui surge o cerne do problema, como é um andar relativamente novo, o seu valor patrimonial é superior ao valor do apartamento no qual habito. Teria o meu irmão que me dar o restante em numerário (quantia que ele não dispõe)
Queria ele que eu assinasse um documento onde eu admitiria ter já recebido o referido valor. Facto que evidentemente não corresponde à verdade. Em termos fiscais, admitindo que assinaria tal declaração, quais seriam os riscos em que eu iria incorrer?

Desde já agradeço que me esclareçam, pois encontro-me totalmente perdida, relativamente ao que deva fazer.


Lúcia Assuncao

  • Visitante
Re: Herança de Dívidas
« Responder #269 em: 30 Agosto 2012, 16:09:57 »
Um irmao meu faleceu há 2 meses- Tem uma filha de 24 anos. Era funcionario público e deixou algumas dívidas e nenhuns bens. A filha como sua herdeira para evitar pagar as dívidas repudiou a "herança". Diz agora que a minha mae, mae do falecido, terá que fazer o mesmo para nao ter problemas com os credores e, que a seguir os irmaos terão que fazer o mesmo. Será correcto??? há prazos???  Deveremos falar com advogado???. Muito obrigada por algum esclarecimento. Somos pessoas que vivem do seu trabalho e os bens que temos é a casa onde vivo, no meu caso e automóvel e a minha mae é proprietária de parte de uma casa com o companheiro dela. Ha mais 3 irmaos, sem quaisquer bens, para além das reformas.  Obrigada -   

 

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.Pode deixar uma mensagem sem estar registado no fórum mas com algumas restrições. Para ver a sua mensagem publicada imediatamente ou para ser notificado das respostas convém registar-se.
Nome: Email:
Verificação:
Quanto é o dobro de 2,5 (escreva cinco)?:

Responsabilidade e Privacidade

FinancasPessoais.pt
Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:
  • Os seus dados nunca serão partilhados
  • A newsletter é totalmente gratuita
  • Pode desistir em qualquer altura
Não quero ver este alerta de novo, por favor.