• Pedro e o Blog | Ferramentas e Artigos de Finanças Pessoais

Autor Tópico: Heranças, partilhas e doações  (Lida 71210 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Magalhães

  • Visitante
Renuncia de Herança
« Responder #270 em: 03 Setembro 2012, 02:32:16 »
Boa noite! Pretendia um esclarecimento se algum de vocês o pudesse fazer por favor.


è possível um filho declarar /renunciar a uma herança ainda antes das partilhas acontecer pois os pais estão ambos vivos?


Querer expressar antecipadamente que quando se realizarem as partilhas não pretende a sua parte e que renuncia dela sem ser a favor de ninguém em especial ou a alguém que entenda?


Obrigado


Offline carlos2008

  • Super-Investidor
  • *****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 1
  • -Recebidos: 17
  • Mensagens: 794
  • Popularidade: 18
Re: Herança de Dívidas
« Responder #271 em: 03 Setembro 2012, 09:48:33 »
não, não têm que se preocupar, era o que faltava os irmãos serem chamados a pagar as dividas ou aldrabices dos defundos !

Portugal ainda é um estado de direito, embora um pouco mal amanhado nesse aspecto.

nem vejo porque e como a filha repudiou a herança , uma vez que só se pode repudiar aquilo que existe: como se repudia uma coisa que não existe ?  Será que ela repudiou mesmo, como mandam as regras, ou pensa que repudiou e não repudiou nada ? Porque um filho não tem que pagar as dividas dos pais, portanto não vejo o motivo de preocupação dessa filha a menos que houvesse herança - dinheiro no banco, p.ex.

Evidentemente que, nomeadamente a vossa mãe, pode algum dia ser abordada por algum credor a indagar se há alguma herança ou a tentar "tirar nabos da púcara" nesse aspecto afim de ver se recupera algum: bastará dizer-lhe que o defundo não deixou quaisquer bens ou outra herança, nomeadamente dinheiro, e nada mais haverá que motive preocupações.

Offline housebeto

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 2
  • Popularidade: 0
Herdeiro ???
« Responder #272 em: 04 Setembro 2012, 15:16:45 »
Boas
Eu gostaria de perceber o seguinte:
A minha avó sempre disse que o pai da minha mãe é outro senhor que não aquele que vem registado como pai da minha mãe no seu documento de identificação B.I..A minha avó teve 2 filhos um rapaz (meu tio) e uma rapariga (minha Mãe), ambos registados como filhos do tal senhor que nunca me deixaram chamar de avô, quando eu nasci a minha mãe insistiu em colocar-me a mim tambem o nome de familia desse senhor, ora a minha mãe faleceu tinha eu 7 anos, nunca pude perguntar-lhe porquê colocar-me a mim esse nome tb, como é obvio, enfim, agora esse tal senhor "(meu avô)", faleceu.
 E eu pergunto se me cabe a mim alguma parte da herança. ???
Obrigado
 
« Última modificação: 04 Setembro 2012, 15:19:57 por AdalbertoSilva »

ALBERTO PONCES

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #273 em: 04 Setembro 2012, 22:16:22 »
Somos dois filhos, unicos herdeiros de uma vivenda que pertencia a nossos pais .Um dos irmaos vive ha 30 anos nessa casa com o seu conjuje. Um dos filhos (somos todos de aproximadamente com 70 anos ) quer vender o imovel e fazer a divisao do apuro  metade para cada um. O outro é obrigado a deixer fazer a transação e sair da casa ou logicamente tem a preferencia na compra mas não pode de maneira nenhuma dificultar a transação se não comprar tem de vender.

Rosemary

  • Visitante
Re: testamento e heranças
« Responder #274 em: 05 Setembro 2012, 12:24:00 »
Boa Tarde!
gostaria de saber o que acontece se um testamento deixado para 6 filhos ,e após o falecimento do testador e um dos fillhos nao ficar satisfeito com a partilha ,Poderá ele recusar ?assim interronpendo os outros a receber a heranca? Pois tenho um irmao que está sabendo como A minha Mae pretende fazer...pois ele está afastado dela e já comenta com os outros " se nao deixar tudo por igual eu nao assino nada e ficrá por conta do ´Juíz fazer as patilhas por igual" será que isso levará anos?me ajude estou muito preocupada.

Joao Fonseca

  • Visitante
Re: Partilhas & Heranças
« Responder #275 em: 06 Setembro 2012, 22:57:18 »
Os meus pais divorciaram-se e fizeram partilhas, onde o meu pai ficou com a casa (bem construido num terreno doado pelos seus pais). Mais tarde o meu pai veio a casar  novamente em regime de comunhão de adquiridos com uma senhora que já tinha um filho. Acontece que o meu pai já faleceu, e a minha pergunta é: a senhora tem direito a herdar na casa (bem do meu pai antes de casar)? A senhora continua a viver na casa, tem esse direito? Menciono que tenho mais uma irmã fruto do 1ºcasamento.
Cumprimentos,
João Fonseca

Nuno Barros

  • Visitante
Partilhas
« Responder #276 em: 07 Setembro 2012, 11:51:13 »
Bom dia
 
Começo por relatar a nossa situação.
Eu e a minha mulher andamos à procura de um terreno para contruir uma casa. Quando a avò da minha mulher soube, sugeriu que se fizessem partilhas e que nós ficassemos com um dos terrenos que ela tem (o avô já faleceu há muitos anos). O terreno sempre nos pareceu pequeno e por isso nunca foi hipotese para nós. Depois de várias reuniões com arquitectos e com a camara municipal, resolvemos aceitar. Aqui começou o problema, enquanto que a mãe da minha esposa e a tia estão completamente de acordo, o tio não admite sequer conversar sobre isso.
 
Existe alguma coisa que possamos fazer para que o invejoso do tio tenha de fazer partilhas também? É que não faz sentido estarmos a comprar um terreno quando daqui a uns anos o terreno nos será dado, pois é colado ao terreno onde os pais da minha mulher moram.

Offline mlurdesg

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 1
  • Popularidade: 0
Herdeiros/Partilha
« Responder #277 em: 10 Setembro 2012, 20:59:15 »
Solicito ajuda para o seguinte:
Minha sogra víuva faleceu no ano passado e deixou uma casa.
Tinha 3 filhos maiores de idade dos quais um faleceu dois anos antes dela sendo eu a viuva com dois filhos do casamento,maiores de idade.
Como é feita a partilha da casa? Eu, como viuva de um dos filhos falecido antes dela, tenho direito também á casa? Disseram-me que só os netos herdavam uma parte da casa, e que eu como nora e viuva não tinha direito.
Podem ajudar-me a esclarecer o assunto?
Muito Obrigado
Lurdes

maria antonieta goncalves

  • Visitante
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #278 em: 11 Setembro 2012, 13:38:22 »
 são só dois irmãos,os meus sogros faleceram ,e fizemos habilitaçoes de herdeiros e o meu cunhado fez repudio de quota disponivel, porém depois deste tempoacho que o fez, para que nos lhe pagassemos as dividas, o meu marido é o cabeça de casal, temos tudo à venda e temos pago todas as dividas de herança e as dele proprio, pergunto: quando estiver tudo vendido, nós somos obrigados a continuar as dividas que o meu cunhado contrai?   

adelinocarvalho

  • Visitante
Re: Partilha de heranças
« Responder #279 em: 12 Setembro 2012, 00:40:15 »
O pai da minha mulher era padre. 
Morreu sem reconhecer a filha e deixou propriedades aos sobrinhos.
A minha mulher pode exigir o direito de paternidade através do teste de ADN e assim provar que tem o direito legal à herança?
De notar que já se passaram alguns anos da morte do padre

Custódia

  • Visitante
Re: testamento e heranças
« Responder #280 em: 13 Setembro 2012, 11:45:25 »
Bom dia,

gostaria de saber sobre uma herança:

O meu avô teve 7 filhos: 5 filhos da 1ª mulher (minha avó falecida), com a qual ele não casou e mais 2 irmãs são filhas do meu avô e da mulher dele, com a qual ele casou.

Quando ele morreu, já havia dois dos filhos (primários) falecidos (A e B) e entretanto morreu mais uma filha secundária (C).

Segundo a informação que nos deram, as duas filhas do casal têm direito a 50% da herança do meu avô e os restantes filhos têm direito á outra parte da herança, dividindo essa mesma parte com as outras duas irmãs.

Como o filho A e B e C já faleceram, os filhos destes são os herdeiros da metade de 50% do meu avô (2 filhos do A + 2 filhos do B + 3 filhos do C + 4 filhos do meu avô ainda vivos).

A minha pergunta -  porque razão são os netos do meu meu avô os herdeiros dele e não também os conjuges dos filhos falecidos?

Offline m_goncalves

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 1
  • Popularidade: 0
Herança - Doações em Vida em Separação de Bens?
« Responder #281 em: 14 Setembro 2012, 18:03:56 »
Boa Tarde,

O meu pai faleceu no passado mês de Julho vítima de um tumor que entre outras coisas, cedo lhe afectou a parte neurológica. Era casado com uma senhora à cerca de ano e meio em regime de separação de bens, pelo que é neste momento ela quem assumiu o papel de cabeça-de-casal. Devo referir que esta senhora viveu com o meu pai 5/6 anos até ele falecer e durante esse período nunca trabalhou.

Existe uma casa (neste momento com o emprestimo liquidado pelo seguro de vida) e um carro.

Já foi feita a habilitação de herdeiros com estes itens e estamos na fase de inventariar os activos finaceiros. Ora aqui surge o problema.

Esta senhora afirma desde o primeiro dia q o meu pai tinha apenas uma conta no banco e que se "governava" apenas com o ordenado (2000€ líquidos +/-). Sabendo que isso não é verdade, e q o meu pai teria poupanças de uma vida a trabalhar, pedi que me fossem facultados os extractos e a delcaração de IRS.
No entanto, a senhora nega-se a dar-me acesso a extratos anteriores à data do óbito, fornecendo extractos (pedidos através do Banco de Portugal) com 100 € de saldo. Inclusivé num dos extractos de um banco onde também tenho conta, deu-me uma fotocopia apenas com os totais e sem o detalhado dos ultimos dois meses. Contas essas todas em nome do meu pai (não são contas conjuntas).

Alega que isso são detalhes da vida privada dela com o meu pai e a minha dúvidas são as seguintes:

- Se os extractos dos ultimos 2 meses devem ser entregues nas finanças, eu não terei direito a consultá-los?

- Uma vez que eram casados em separação de bens, é verdade que as doações em vida que ela alega perdem o valor ( pralém de que não há nada escrito, ela apenas diz q o meu pai lhe transmitiu verbalmente este modo de agir)?

-Caso esta última seja correcta, posso considerar q ela está a sonegar bens da herança e pedir a destituição de cabeça de casal para que seja eu constituido como tal?

Gostaria mesmo que alguém me pudesses esclarecer estas dúvidas, uma vez que gostaria de resolver a situação rapidamente e o melhor possível.

Cumprimentos

Joaquim Ricardo

  • Visitante
Re: Herança Com separação de bens
« Responder #282 em: 19 Setembro 2012, 18:00:47 »
Questão:
A, viúvo, de 65 anos, sem filhos, casa com B, viúva, que tem 3 filhos de  2 casamentos anteriores.
A, morre, sem ter deixado filhos deste casamento.
Pergunta:
Os 3 filhos de B, que entretanto falecera também, são herdeiros de A?

Ra

  • Visitante
Re: Herança Com separação de bens
« Responder #283 em: 19 Setembro 2012, 18:21:46 »
A morreu primeiro que B, certo?
Então A, como não tem descendentes nem ascendentes (presumo eu), fica B como única herdeira da herança deixada por A (isto tambem presumindo que A não deixou a quota disponivel a outra pessoa).
B falece, então os filhos de B herdam tudo o que era de B (inclusivé a tal herança que B herdou de A).
Conclusão: Os filhos de B não são herdeiros de A, mas por sucessões acabaram por ficar com os bens deixados por A.

Diana Oliveira

  • Visitante
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #284 em: 20 Setembro 2012, 16:31:50 »
Olá Boa Tarde,tenho umas duvidas k gostava k me esclarecesse.
Os meus avos faleceram,tinham um apartamento no porto, apartamento esse k serviu de garantia para um emprestimo bancário k a minha tia pediu.
A minha tia pediu 68 mil euros eos meus avos k ainda eram vivos,foram fiadores e deram esse apartamento como garantia.Eles faleceram e a minha tia não pagou a divida.
O solicitador de execução já foi la a casa pq a mesma se encontra penhorada pelo banco.O banco avaliou o apartamento em 45 mil euros.
Agora o k se passa e k com cos juros a divida já ascende a 72 mil euros e a minha tia diz k todos os herdeiros vão ter k pagar a divida, já que o valor da divida e mto superior ao do valor do apartamento.
Keria saber se e mesmo assim.
Eu sou neta mas tb sou herdeira já que o meu pai faleceu primeiro k os meus avos.
Devo repudiar a herança para não ter de pagar as dividas?
Ou o banco vende o aprtamento fica com o dinheiro e a minha tia k pediu o emprestimo e k tem k arcar com o montante em falta da dividas?

Offline celsan

  • Investidor Ocasional
  • ****
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 32
  • -Recebidos: 12
  • Mensagens: 394
  • Popularidade: 12
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #285 em: 20 Setembro 2012, 17:01:15 »
Caraças!!! Eu sei que não percebo nadinha destas coisas de heranças, mas era o que mais me faltava ficar com uma divida de uma tia!!!!!!!
Sendo sendo marido ou esposa, ainda é naquela!!!... Agora de uma tia....
existe sempre uma ovelha negra na familia... assim, todas as familias teriam que pagar por essa "ovelha negra"...
 
Não, não me acredito que tenhas algo a pagar, mas deixemos que alguém entendido, informe...

Offline Ishtar

  • Iniciante
  • Agradecimentos:
  • -Efectuados: 0
  • -Recebidos: 0
  • Mensagens: 2
  • Popularidade: 0
Re: Herdeiro ???
« Responder #286 em: 21 Setembro 2012, 17:55:46 »
A sua mãe e o seu tio têm a mesma filiação nos documentos ao que entendo.
O seu tio ainda é vivo? 
A sua mãe tem um pai biológico ( conhecido ou desconhecido, não interessa), portanto será meia irmã, e não irmã 100%.  ( E isto é uma hipótese a confirmar, a filiação que vale é a que vem nos papéis)
Não percebi de qual avô pretende herdar.

Você será sempre herdeiro do seu pai registado, e avôs registados , independentemente da filiação ser biológica ou não.  O ónus da contraprova é dos outros herdeiros.

Se pretender herdar sem filiação registada  ( em primeira ou 2 geração antecedente) procure com quem poderia fazer  comparação de DNA. Pense se a chatice compensa.


josue vermelho

  • Visitante
Re: repudio da herança, existe??
« Responder #287 em: 21 Setembro 2012, 19:54:37 »
no caso dos herdeiros terem pago uma divida ás finanças da nossa mãe,  podem os mesmos fazer repúdio de herança de uma outra divida da nossa mãe.

 

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.Pode deixar uma mensagem sem estar registado no fórum mas com algumas restrições. Para ver a sua mensagem publicada imediatamente ou para ser notificado das respostas convém registar-se.
Nome: Email:
Verificação:
Quanto é o dobro de 2,5 (escreva cinco)?:

Responsabilidade e Privacidade

FinancasPessoais.pt
Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:
  • Os seus dados nunca serão partilhados
  • A newsletter é totalmente gratuita
  • Pode desistir em qualquer altura
Não quero ver este alerta de novo, por favor.